Uma mulher foi agredida pelo porteiro de um hospital nesta terça (19) em Itumbiara, região sul de Goiás. Vídeos gravados por testemunhas mostram quando o homem empurra a vítima e a coloca contra a parede. A agressão teria começado após a mulher dar um tapa na cara do porteiro. O homem foi afastado de suas funções.

De acordo com funcionários, a vítima foi ao Hospital Municipal Modesto de Carvalho acompanhada de uma criança para pedir comida. Ela já havia ido ao local outras vezes pelo mesmo motivo. O porteiro pediu para que ela se retirasse, mas a mulher se recusou a sair. Os dois iniciaram uma discussão e ela deu um tapa no rosto do funcionário do hospital. O homem reage, empurra a mulher para fora da unidade e fecha a porta, em resposta, ela chuta a porta e é segurada pelo pescoço e pressionada contra a parede logo em seguida.

Vídeo mostra discussão entre mulher e porteiro no hospital de Itumbiara

Em um vídeo que circula pelas redes sociais, é possível ver o momento da discussão dentro do hospital e a mulher sendo agredida pelo porteiro. Após a agressão, funcionários da unidade de saúde separam os dois e controlam a situação.

Em nota, a Secretaria de Saúde afirmou que assim que tomou conhecimento da agressão, o porteiro, que possui 30 anos de serviços prestados sem histórico de incidentes anteriores, foi afastado de suas funções e uma apuração de sua conduta foi iniciada. Relatou também que a mulher estava “alterada, gritando e deferiu um tapa na cara do servidor, o que não justifica a sua atitude”. Além disso, será disponibilizado um atendimento psicológico e social para a vítima da agressão como forma de manifestar sua indignação com o ocorrido.