A Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) realiza nesta sexta-feira (19) uma operação contra um grupo suspeito de estelionato contra uma idosa da capital. São cumpridos nove mandados de prisão temporária e 12 de busca e apreensão em Planaltina de Goiás-GO, no Rio de Janeiro-RJ e em Fortaleza-CE. As polícias civis do Rio (PCERJ) e do Ceará (PCCE).

As investigações começaram em julho deste ano, quando uma idosa moradora do DF procurou a Polícia Civil local para registrar que perdeu R$ 400 mil de sua conta. Agentes descobriram que um estelionatários invadiram a conta bancária e rapidamente transferiram o dinheiro. Os 400 mil reais foram transferidos para contas de empresas falsas registradas em Planaltina de Goiás, no Rio e em Fortaleza. Por fim, o dinheiro foi parar em contas de pessoas físicas.

A PCDF ainda investiga de que forma os estelionatários fizeram a invasão. Há duas hipóteses: a primeira é que eles tenham ludibriado a idosa com algum golpe via ligação telefônica, sms ou aplicativos de mensagem; a segunda é que o grupo tenha hackeado os dados da vítima para invadir a conta bancária.

A ação policial foi batizada de “Operação Spider”.

VEJA OS VÍDEOS: