No DF e Entorno ocorreu uma redução em 14% no número de acidentes, porém houve um aumento no número de pessoas feridas em relação ao ano passado, devido à maior gravidade dos acidentes.

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) realizou entre os dias 30 de dezembro e o dia 02 de janeiro de 2022 a Operação Ano Novo. A PRF reforçou o policiamento ostensivo e a fiscalização nas rodovias federais do DF e Entorno, visando garantir a fluidez do trânsito e a segurança durante o feriado prolongado.

No total, foram realizados 791 testes de etilômetro com cinco condutores autuados por constatação e 15 por se recusarem a realizar o teste. Cinco pessoas foram presas por apresentarem o valor acima de 0,33 mg/L de ar alveolar, configurando o crime de trânsito de embriaguez ao volante. Lembramos que dirigir sob a influência de álcool é um crime previsto no Artigo 306 do Código de Trânsito Brasileiro (CTB), se o teor do teste for superior a 0,33 mg de álcool por litro de ar alveolar, ou se o motorista apresenta sinais e sintomas de embriaguez e se recusar ao teste. A pena é de detenção de seis meses a três anos, multa e suspensão da habilitação. A multa tanto para qualquer índice positivo de embriaguez ou recusa ao teste é de R$ 2.934,70 e o condutor pode ter o direito de dirigir suspenso por até 12 meses. Em caso de reincidência em 12 meses, o valor dobra.

Dezoito pessoas foram detidas pela PRF por diversos crimes. Desses crimes, sete ocorrências foram de crimes contra o patrimônio, entre eles, na sexta-feira (31), na BR 060, próximo ao Recanto das Emas/DF, foi recuperado um Chevrolet/Tracker e duas pessoas foram presas. O veículo foi furtado na madrugada de sexta-feira, no Guará, dentro da residência do proprietário.

Durante o feriado, outras seis ocorrências de Crimes de Trânsito foram registradas pela PRF. Entre elas, no sábado (01), na BR 070, o condutor de um Toyota Corolla desobedeceu a ordem de parada da equipe, empreendendo fuga e dirigindo de forma perigosa até a abordagem dos policiais. O motorista estava dirigindo sob influência de álcool e foi preso por embriaguez ao volante, desobediência e direção perigosa.

Para evitar a violência no trânsito, os policiais intensificaram a fiscalização abordando mais de 3.300 veículos e 3.800 pessoas. Foram lavrados 1.035 autos de infrações, sendo 122 por ultrapassagens indevidas, ação responsável por cerca de 30% das mortes em acidentes de trânsito dos últimos anos. Outros 61 veículos foram multados por falta do uso de cinto de segurança e, outros 37 veículos, por transportar crianças sem o dispositivo de retenção.

Em relação aos acidentes de trânsito, ocorreram 18 acidentes nas rodovias que cortam o DF e o Entorno que deixaram 25 pessoas feridas e três vítimas fatais. Em comparação com o ano passado, no período de 31/12/2020 a 03/01/2021 (de quinta-feira até domingo), ocorreram 21 acidentes que deixaram 15 pessoas feridas, apresentando uma redução de 14% no número de acidentes de trânsito e de 67% de aumento em relação ao número de pessoas feridas na Operação Ano Novo do ano de 2020.

Um acidente fatal ocorreu no dia 30 de dezembro, na BR 020, no município de Alvorada do Norte. Os outros dois acidentes fatais foram no dia 31 de dezembro – um na BR 070, DF, próximo a Barragem de Santo Antônio do Descoberto, onde um Kadett saiu de pista. O outro foi na BR 020, próximo a divisa com o município de Formosa-GO.

No acidente da BR 020 – um atropelamento com três pessoas envolvidas -, uma faleceu no local. Os envolvidos neste acidente foram retirar os pertences de um veículo envolvido em outro acidente anterior.