Israel Ramos Morais, de 45 anos, está preso e confessou à Polícia Civil ter aplicado golpes em idosas, em Goiás. Segundo registro da corporação, o homem seduzia as vítimas, passava a namorá-las e saiu do Rio de Janeiro, onde mora, para tirar dinheiro delas – em Caldas Novas e Morrinhos, ambas no sul de Goiás.

Somados os relatos das vítimas, foram mais de R$ 320 mil de prejuízo causado.

Segundo a Diretoria-Geral de Administração Penitenciária (DGAP), o investigado deu entrada no sistema prisional por Caldas Novas na terça-feira (19) e continua preso.

A prisão dele foi determinada após a Polícia Civil receber a denúncia de uma idosa moradora da cidade, que contou ter sido enganada por ele.

A senhora de 63 anos registrou que foi vítima do homem em boletins feitos na Polícia Civil nos dias 13 e 18 de outubro. Ela explicou que conheceu Israel cerca de três meses antes, quando ele apareceu querendo comprar a casa dela em Caldas Novas.

Segundo relato da idosa, o homem começou a flertar com ela e os dois começaram um relacionamento, sempre com promessas de que se casariam e iriam morar no Rio de Janeiro. Com isso, ele convenceu a vítima a vender a casa dela na cidade por R$ 145 mil.

A idosa contou ainda que o homem fez várias transferências da conta dela para de outras pessoas totalizando R$ 12 mil e ainda financiou um veículo no valor de R$ 56 mil no nome dela.

No sistema da Polícia Civil de Goiás, ele aparece como autor de outro crime com o mesmo modo de agir, registrado em Morrinhos, em agosto deste ano. No relato consta que ele enganou uma senhora de 73 anos, tendo começado a namorá-la por meio da internet e se mudado para a casa dela ao sair do Rio de Janeiro.

Ainda de acordo com os registros na Polícia Civil, o homem ficou lá cerca de dois meses, vendeu o imóvel dela em troca de R$ 113 mil, um carro Hyundai HB20 e um lote na cidade e ainda pegou cartões com senhas dela.

 

 

 

Fonte: G1