Luzimar Naves de Oliveira, de 56 anos, morreu após cair em uma cisterna em Aparecida de Goiânia. A vítima estava alcoolizada quando caiu. O local que estava coberto provisoriamente com telhas. O corpo foi encontrado por uma amiga de Luzimar, quatro dias após a queda, e levado para IML.

De acordo com o delegado Hudson Benedetti, a vítima ingeriu bebidas alcoólicas na sexta-feira (5), acompanhada de uma amiga. As duas resolveram voltar para casa em uma motocicleta. No meio do trajeto, elas se desequilibraram e caíram. Apesar de cambalear, Luzimar terminou o caminho a pé e a amiga seguiu pela via na moto. A polícia acredita que a vítima não viu o buraco e caiu.

Mulher morta não tem sinais de lesão no corpo

A causa da morte ainda não foi identificada. “A cisterna tem cerca de 10 metros de profundidade. Ainda estamos esperando laudos para identificar se ela morreu afogada ou se bateu a cabeça e já tinha morrido antes. O corpo não tem nenhum sinal de lesão e não há indícios que ela tenha sido empurrada”, explicou o delegado.

A amiga da vítima estranhou o desaparecimento de Luzimar e foi até sua residência onde encontrou o corpo dentro da cisterna na terça-feira (9). O Corpo de bombeiros foi acionado e realizou a retirado do corpo, que foi encaminhado para o IML (Instituto Médico Legal). O ocorrido é tratado como morte acidental. A polícia aguarda os laudos cadavéricos para dar prosseguimento a investigação.