Um homem foi preso acusado de ter estuprado um adolescente de 12 anos em Alvorada do Norte, no nordeste de Goiás. De acordo com a Polícia Civil, o suspeito teve o primeiro contato com a vítima quando ambos participavam de uma live, realizada em aplicativo digital.

O homem foi preso preventivamente em Brasília (DF), onde se encontrava nesta quinta-feira (4/11). A polícia chegou até ele a partir de denúncias de familiares do adolescente de 12 anos, de que ele teria sido vítima de estupro. A mãe e a tia da vítima afirmaram aos policiais que o homem praticou conjunção carnal contra o garoto.

Convite

Conforme a investigação, após o contato na live, o homem passou a se comunicar com o jovem por meio de aplicativo de mensagens. Em determinado momento, convidou a vítima para sua residência, dizendo que o menino teria ganho um sorteio e, portanto, teria um prêmio a receber.

Sem conhecimento dos pais, o garoto foi à residência do acusado. No local teria ocorrido o estupro.

A polícia pediu a prisão preventiva do homem após a coleta de provas, inclusive exame que confirmou conjunção carnal. Para a corporação, há fortes indícios de autoria por parte do preso. Ministério Público chancelou e a Justiça autorizou a prisão.

Mesmo com a localização e detenção do suspeito, as investigações seguem adiante. A polícia afirma existir indícios da prática do mesmo crime contra outras vítimas menores da região.

O preso, que não teve sua identidade divulgada, foi encaminhado ao presídio de Simolândia (GO) e ficará à disposição da Justiça.