Um ex-aluno foi preso suspeito de matar a facadas o porteiro da escola onde estudou após levar um tapa na cara, em Nova Glória, na região norte de Goiás. Câmeras de segurança mostram o momento em que o porteiro chega perto da mesa de um bar e dá um tapa no rosto do jovem.

O nome do suspeito não foi divulgado. Por isso, a defesa não foi localizada para se manifestar sobre o caso.

Segundo o major da Polícia Militar Fernando Borba, os dois se encontraram em um bar e houve uma discussão, da qual o motivo ainda não foi revelado.

“O jovem fugiu do bar após as facadas, mas a Polícia Militar o localizou na casa dele e fez a prisão em flagrante. A vítima foi socorrida, mas morreu no hospital”, explicou o oficial.

Após levar um tapa do porteiro, o ex-aluno levanta, tira a faca da cintura e dá três facadas no porteiro, que não resistiu aos ferimentos e morreu em um hospital da cidade.

O suspeito pode responder pelo crime de homicídio ao final das investigações. A Secretaria de Educação de Nova Glória lamentou a morte do porteiro em nota publicada em redes sociais.

“É com pesar que recebemos a notícia do falecimento de Wellington Rodrigues Ferreira, servidor do Colégio Estadual Bezerra de Menezes, Deixamos nossas mais sinceras condolências à família e amigos por esta inestimável perda”, diz a nota.

 

 

 

Fonte: G1 Goiás