Benefício é concedido a mulheres em situação de vulnerabilidade e com filhos de até seis anos. Recurso deve ser aplicado na compra de alimento e medicação. “Acreditem: esse programa não é transitório”, diz governador sobre nova política social que deve alcançar, nessa primeira etapa, 100 mil famílias em todo Estado

O governador Ronaldo Caiado esteve, nesta terça-feira (28/12), em Novo Gama, Caldas Novas e Catalão para a entrega de 2.980 cartões do programa Mães de Goiás. A partir dele, mulheres com filhos de até seis anos e em situação de vulnerabilidade social recebem auxílio mensal de R$ 250 para compras em farmácias e supermercados. “O governo, antes de tudo, tem de ser humanitário. É o que construímos em Goiás, em parceria com os prefeitos”, disse o governador durante passagem pelos municípios.

Caiado assegurou que se trata de uma política social instituída no Estado em prol das famílias goianas. “Acreditem: esse programa não é transitório. Enquanto o filho de vocês não alcançar seis anos, ou os outros que vierem, ele receberá todo mês R$ 250 para alimentação”, salientou. Somados, os cartões entregues hoje vão injetar R$ 745 mil mensais na economia dos três municípios.

O programa de transferência de renda foi lançado em setembro deste ano e vai atender 100 mil mães em todos os 246 municípios goianos. Somente em dezembro, a previsão é de entregar 25.635 cartões em 33 cidades. A meta é fechar 2021 com moradoras de 90 localidades atendidas e quase 70 mil cartões distribuídos.

Novo Gama

Em Novo Gama, Jaíne Costa Chaves foi uma das 1.410 contempladas. Ela tem duas filhas, de um e quatro anos, e relatou a dificuldade pela qual sua família passa, já que o marido está desempregado. “Lá em casa não tem nada, vou fazer as compras hoje, com esse cartão. Agradeço a Deus, por ter colocado no coração do governador essa ideia de ajudar as mães”, disse, com a caçula no colo.

Além do Mães de Goiás, que vai aplicar mais de R$ 352 mil mensais na economia local, o prefeito Carlinhos do Mangão citou alguns frutos da aliança formada junto ao Estado, como a distribuição de cestas básicas, abertura de leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e melhoria nas rodovias. “Nunca o governador virou as costas para nossa cidade”, pontuou.


 
O deputado federal José Nelto afirmou que a atual gestão representa um marco para os municípios daquela região. “O senhor é o governador de verdade do Entorno de Brasília, que ficou 20 anos sendo tapeado pelos governos anteriores. Mas isso mudou”. “Antes, essa era a região do ‘nem’, nem Goiás, nem Brasília. Mas hoje somos parte de Goiás”, complementou o deputado estadual Wilde Cambão.