De acordo com o Comandante-Geral do Corpo de Bombeiros de Goiás, coronel Esmeraldino Jacinto de Lemos, a missão vai apoiar a corporação daquele estado nos 72 mencionados municípios, os quais decretaram situação emergencial em razão do volume de chuvas.  Bombeiros do Maranhão, Ceará, Sergipe, Minas Gerais, São Paulo também foram enviadas à Bahia para prestar ajuda.

A estimativa do Governo da Bahia é que cerca de 430.869 pessoas foram afetadas pelas chuvas de alguma forma. Dados da Superintendência de Proteção e Defesa Civil da Bahia (Sudec) apontam que 16 mil pessoas perderam suas casas definitivamente, enquanto outras 3,5 mil precisaram deixar suas residências temporariamente.

Enchentes na Bahia: escolas servirão de central de operações e abrigo para desalojados

O governador da Bahia, Rui Costa (PT), se reuniu no sábado (25) com os ministros da Cidadania, João Roma, do Desenvolvimento, Rogério Marinho, da Saúde, Marcelo Queiroga e com o secretario Nacional de Defesa Civil, coronel Alexandre Lucas, para planejarem uma operação de resgate e apoio aos atingidos.

Duas escolas na cidade de Ilhéus são usadas como ponto de apoio para as operações. Uma será usada para o alojamento de agentes envolvidos na força-tarefa e outra será usada como quartel-general das atividades.