A Polícia Civil busca informações sobre um homem entregador de gás que trabalhava no comércio local de Valparaíso acusado de cometer o crime de estupro. Ele abusou sexualmente de uma adolescente de 14 anos na 1ª etapa do Jardim Céu Azul.

Segundo a Delegada que temporariamente reponde pela DEAM (Delegacia de atendimento a mulher) Sãmia Noleto, as investigações seguem em sigilo no intuito de preservar a identidade dos envolvidos.

No momento do crime a jovem estava sozinha em casa quando ligou no comércio e pediu um botijão de gás, o entregador (acusado) 24 anos chegou na residência e normalmente prestou o serviço, ao perceber que tudo estaria muito tranquilo e sem movimento perguntou a menor se ela estaria sozinha.

Ao tomar conhecimento da ausência dos pais da jovem, o entregador disse : VAMOS APROVEITAR QUE VOCÊ ESTÁ SOZINHA, e começou a passar as mãos na adolescente que pedia para ele parar. O autor pegou a vítima pelos cabelos, jogou a jovem na cama, tirou seu órgão genital, desabotoou o short da adolescente e cometeu o crime.

Ainda na casa disse a menina que já teria sido preso e se ela contasse para alguém iria matá-la. A mãe da adolescente foi até a Delegacia e narrou o fato.

Em diligência a Polícia Civil tomou conhecimento que logo após o crime, o autor saiu do emprego, chegou em sua casa pegou alguns pertences e fugiu, a PCGO investiga o caso.